Rogério Rosso: “Segurança e eficácia da vacina russa são incontestáveis”

Fonte: Correio Braziliense

À queima-roupa // Rogério Rosso, Diretor de Negócios Internacionais da União Química

O que falta para a Anvisa aprovar a aplicação da Sputnik V em caráter emergencial?
Fizemos, na última sexta-feira, o pedido de uso emergencial para 10 milhões de doses para o Brasil. Anvisa solicitou mais informações, que já estão compartilhadas com a agência.

Quanto tempo levaria para realizar todos os testes da fase 3 em brasileiros?
Solicitamos o pedido de testes clínicos em 29 de dezembro do ano passado. A Anvisa solicitou maiores esclarecimentos que estão sendo providenciados. Os testes clínicos, em tese, duram de 45 a 60 dias.

Quantas pessoas já receberam a dose do imunizante russo no mundo? Em quais países?
Mais de 2 milhões de pessoas já estão sendo imunizadas com a Sputnik V, na Rússia, Argentina, Paraguai, Bielorússia, Sérvia, Palestina e Argélia.

Como tem sido a repercussão? Alguma reação adversa grave?
O Fernando Marques (presidente da União Química), eu e executivos da empresa da área industrial, tecnológica e regulatória estivemos em Moscou na semana passada e acompanhamos os resultados maravilhosos da Sputnik V. Milhões de pessoas sendo imunizadas com a Sputnik V sem nenhuma reação adversa grave e eficácia de 91,4% de imunogenicidade. Essa é a grande realidade.

Temos visto algumas reações alérgicas graves nas pessoas especialmente idosas que receberam a Pfizer. Isso acontece com a Sputnik?
A Sputnik foi desenvolvida pelo renomado instituto Gamaleya, do governo russo. Mais de 130 anos de história no desenvolvimento de medicamentos e vacinas. A segurança e eficácia da vacina são incontestáveis, e os resultados mostram isso. Tecnologia de adenovírus humano já desenvolvida pelo Gamaleya desde os anos de 1980.

Qual é a capacidade de produção da União Química?
Com a fábrica do IFA (ingrediente farmacêutico ativo) em Brasília e nossa fábrica de fracionamento e envase de Guarulhos (SP), nossa capacidade em plena operação será de 8 milhões de doses por mês.

As 10 milhões de doses que viriam da Rússia chegariam imediatamente?
Sim. 600 mil doses em janeiro, 3,4 milhões em fevereiro e 6 milhões em março.

Haverá produção no DF?
A parte mais importante da vacina, que é a produção do IFA, será totalmente produzida em nossa unidade de Biotecnologia — Bthek, localizada no Polo JK. Produzindo vacina em solo brasileiro, seremos menos dependentes de importações e da disponibilidade de imunizantes por parte dos laboratórios internacionais. E isso se deve especialmente pela transferência de tecnologia e parceria com o Fundo Russo de Investimentos — Rdif, Instituto Gamaleya e Grupo União Química. O Governo da Rússia está dando um grande exemplo de humanidade nessa guerra contra a covid-19 ao transferir a tecnologia de sua vacina para vários países.

Você já se vacinou?
Ainda não. Tenho que esperar meu lugar na fila de acordo com as prioridades do Ministério da Saúde. E se Deus quiser, vou tomar a vacina Sputnik V, produzida pela União Química na capital da República.

Qual será o principal argumento a ser apresentado para a Anvisa amanhã (hoje)?
Vamos compartilhar todas as informações que a Anvisa solicitou. Nosso argumento é a ciência e os resultados da Sputnik V em todo o mundo. A Anvisa é a nossa guia nesse momento.

O que mostram os estudos clínicos sobre eficácia da vacina?
91,4 % de eficácia, com duas doses num intervalo de 21 dias.

Quando toda a população será vacinada?
Quanto mais vacinas eficazes, independentemente do país que a desenvolveu, melhor. Quanto maior for a produção nacional, menor dependência teremos. Nenhum laboratório no mundo consegue produzir vacinas de acordo com a atual demanda mundial. Com uma ação forte e organizada do governo federal, na busca imediata de novas alternativas de vacinas eficazes, acredito que poderemos imunizar a maior parte dos brasileiros neste ano. Minha sugestão é que governo faça uma força-tarefa de imediato, escale ministros e especialistas para visitarem e negociarem imediatamente com países que podem ajudar o Brasil no combate à pandemia. Países produtores de vacinas, de insumos, de matéria-prima. A maior batalha que temos hoje não está no campo político, mas sim no enfrentamento do inimigo comum , a covid-19.

Esse imunizante, o Sputnik V, contempla a nova cepa do coronavírus que surgiu em Manaus?

Todos os desenvolvedores de vacinas trabalham nessa linha de estudo das novas cepas. A Sputnik V se mostra eficaz em todos os países em que está sendo utilizada.

 

Confira a matéria do Correio Braziliense na íntegra clicando aqui

 

 

 




Veja também


Tudo sobre frieiras e suas formas de prevenção
Ministério da Saúde formaliza interesse na compra da Sputnik V, vacina fabricada no DF
Ministério da Saúde negocia compra de 30 milhões de doses da vacina contra Covid-19
Eficácia da vacina Sputnik V para Covid-19 é de 91,6% apontam resultados preliminares publicados na ‘The Lancet’
Ibaneis visita fábrica da vacina Sputinik V no DF e diz que não vai entrar em ‘corrida com outros estados’ para comprar imunizante
Who is União Química, Which Intends to Produce Sputnik V Vaccine in Brazil for Export to Latin America?
Rogério Rosso: “Segurança e eficácia da vacina russa são incontestáveis”
Saiba mais sobre a Sputnik V
Dia do Farmacêutico
Comunicado SputnikV
Laboratório brasileiro protocola pedido de uso emergencial da vacina Sputnik V na Anvisa
União Química fecha acordo para receber imunizante russo
Membros da União Química irão à Rússia por transferência tecnológica da Sputnik
Farmacêutica pede autorização da Anvisa para testes da fase 3 da vacina russa Sputnik
Vem aí o Prêmio União Química de incentivo à pesquisa em Anestesiologia
Perigos da automedicação
Dicas para o Verão
Mastite bovina: o que é e como prevenir o vilão da produção leiteira
Descarte de medicamentos: você está fazendo da maneira correta?
Saúde feminina: 5 cuidados essenciais
Campanha Vodol
Entrevista CNN Brasil com União Química
Parceria para produção da Sputnik
Dia do médico
Dia Mundial da Visão
Outubro Rosa
Este é o momento de se reinventar
Vacinação em cães: a importância da Vacina Déctupla (V10)
Dia do Veterinário
Setembro Amarelo
Cuidados da saúde na terceira idade
Dia Nacional da Saúde
União Química sustenta crescimento
Melhore coração e cérebro consumindo salmão
Cuidados com a pressão arterial
Cuidando bem da sua saúde digestiva
Dia Mundial da Saúde Ocular
União Química compra Neocopan da Hypera
Lançamento Dorax® Pet
02 de Julho – Dia do Hospital
Você sabe se exercitar sozinho?
Exercite-se para aliviar problemas respiratórios
Lançamento Vita SuprAZ Hair
5 dicas para levar uma vida mais tranquila
Higiene do sono
Imunidade em tempo de Coronavírus (COVID-19)
A União é a nossa Química
Union Agener
Parceria entre União Química e Octapharma










Empresa brasileira com mais de 80 anos de história no mercado farmacêutico.



Avenida Magalhães de Castro, 4.800
16º andar - Conjuntos 161 e 162
Edifício Continental Tower
05676-120 / São Paulo-SP

Copyright © 2020 União Química. Todos os direitos reservados

x