x
Novidades

Fique por dentro dos principais conteúdos, notícias e novidades.



Dia do médico: 5 curiosidades sobre o profissional que cuida da nossa saúde

Nesse dia do médico, além de parabenizar a todos os profissionais da área da saúde, aproveitamos para compartilhar informações sobre a profissão. Confira!

A data de 18 de outubro marca aqui no Brasil o Dia do Médico,  parceiros fundamentais da saúde humana. A comemoração é uma forma de reconhecer o trabalho deste profissional, que dedica a sua vida ao bem-estar e à minimização dos sofrimentos da população.

E nós resolvemos aproveitar o dia para falar um pouco mais sobre ela!

A medicina é uma das profissões mais antigas e importantes do mundo
Existem vários registros da prática médica nas civilizações antigas. Registros antigos, como o Código de Hamurabi, indicam que por volta dos anos 1700 a 200 a.C., alguns procedimentos médicos já eram realizados na região da Mesopotâmia. Na mesma época, a população na Índia usava técnicas medicinais, como ayurveda, com foco na harmonia entre corpo, mente e alma, além de fazer cirurgias para a retirada de tumores. Além disso, a também milenar medicina chinesa continua famosa por usar técnicas, conhecimentos e produtos alternativos, como ervas, minerais e animais.

Uma profissão com muitas especialidades
Você sabia que as especialidades pioneiras na medicina foram as áreas da psiquiatria, pediatria e cardiologia? O reconhecimento dessa profissão, no entanto, teve momentos difíceis. Muitos não acreditavam ser necessário a criação de uma medicina para os adultos e outra para as crianças. Atualmente no Brasil, existem cerca de 50 categorias de especialidades, sendo as mais procuradas cirurgia geral, ginecologia, pediatria, cardiologia e anestesiologia.

O surgimento dos hospitais
Os pesquisadores acreditam que em 4.000 a.C, os gregos já tinham lugares especiais para tratar pessoas doentes. Esses lugares eram mais parecidos com templos, onde também eram feitas orações e pedidos de cura aos deuses. De acordo com registros históricos, o primeiro hospital formal foi construído no século V a.C, no Sri Lanka.
Uma década (ou mais) dedicada aos estudos
No Brasil, o curso de medicina tem um total de seis anos, mas mesmo após a graduação, os médicos ainda devem estudar muito. É preciso fazer dois anos de residência em hospitais, realizando atendimentos, e mais dois anos na especialização escolhida pelo profissional, ambos com processos seletivos muito concorridos e rigorosos.

Tempos modernos
Com a tecnologia da telecirurgia, um cirurgião pode realizar uma operação em um paciente, mesmo que os dois não estejam na mesma sala ou no mesmo país. Isso só é possível por causa da tecnologia das câmeras, dos computadores e da robótica.



Ir para o topo