x
Novidades

Fique por dentro dos principais conteúdos, notícias e novidades.



[Guia completo] Como tomar multivitamínico?

Você sabia que apenas 2% da população consome a quantidade necessária de nutrientes, no dia a dia? Não à toa, mais pessoas estão recorrendo a soluções para suplementar a ingestão desses elementos. O que leva à importância em saber como tomar um multivitamínico da forma correta.

Pois, por meio desse tipo de produto, ocorre a reposição adequada de nutrientes e ainda permite a suplementação que deixamos passar, acidentalmente, em nossa alimentação.

Então, é bom tomar multivitamínico — desde que você tenha a recomendação médica e aprenda como tomá-lo. É exatamente isso o que vamos destacar ao longo deste artigo. Confira.

O que é multivitamínico?

Multivitamínicos são suplementos nutricionais que contêm diferentes vitaminas e minerais. Com isso, quem consumi-los tem uma ingestão diversificada de nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

Para que esse consumo seja, de fato, benéfico, é importante identificar as necessidades de cada pessoa. Justamente por isso, existem produtos alinhados ao perfil de diferentes faixas etárias, necessidades nutricionais ou mesmo de gêneros. O que também demanda a importância em saber como tomar o multivitamínico e, assim, usufruir dos seus benefícios.

Até por isso, o consumo regular desse produto deve ser, antes, avaliado e indicado por meio de um médico especialista para apontar o que cada um dos seus pacientes necessitam quando se trata da ingestão de multivitamínicos.

Para que serve?

Você deve saber que o corpo precisa de uma quantidade média de vitaminas e minerais para funcionar regularmente, certo? 

Só que nem sempre conseguimos suprir essa necessidade diária — que, normalmente, ocorre por meio de uma alimentação balanceada e saudável. Com isso, os multivitamínicos podem ajudar na obtenção dos nutrientes que o organismo tanto precisa.

Consequentemente, o corpo é fortalecido e funciona da melhor forma possível, promovendo a saúde e também o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas. Afinal, a carência nutricional pode ser a causadora de uma série de problemas, como:

  • falta de disposição e de energia;
  • oscilação no humor;
  • desânimo;
  • prejuízo na capacidade de concentração e de memorização;
  • fraqueza nas unhas e nos cabelos;
  • pele ressecada;
  • anemia;
  • dores musculares;
  • dificuldade para ter um sono de qualidade.

Como o multivitamínico funciona?

Anteriormente, mencionamos que existem diferentes tipos de multivitamínicos. E o motivo para isso é simples: cada produto é desenvolvido para suprir uma ou mais necessidades.

Dessa maneira, um multivitamínico para gestantes por exemplo, é formulado para suprir a carência nutricional de quem está em seu ciclo gestacional. O que, certamente, não é a mesma que um idoso possui.

Ou seja: saber como tomar multivitamínico é um processo que se alinha ao perfil de cada pessoa. Então, isso apenas reforça a relevância de uma indicação médica para o consumo desse tipo de produto, visando a resolução de uma suplementação adequada.

Quando se deve tomar multivitamínicos?

Existem vitaminas para o cabelo, unha e pele, vitaminas para dar energia, para homens e mulheres, para crianças e idosos… Para todos os objetivos.

Além disso, os diferentes tipos de vitaminas que nosso organismo necessita demandam atenção especial. Às vezes, temos deficiência em um determinado tipo e o ideal é fazer a suplementação eficiente e rápida por meio desses comprimidos.

Mas vale reforçar que essa decisão não deve ser feita sem o acompanhamento e uma recomendação médica. Pois, normalmente, a melhor forma de entender quais são as carências nutricionais de cada organismo é o exame clínico.

Qual o melhor horário para tomar suplemento alimentar

 

Não é indicado, portanto, que a gente tome multivitamínico por conta própria. O processo é melhor aproveitado com a indicação médica.

Além disso, muita gente se pergunta qual é o melhor horário para tomar multivitamínicos. Embora não exista uma regra específica, é comum que a indicação para o consumo ocorra antes de uma das principais refeições do dia. É o momento em que a absorção de nutrientes acontece com mais eficiência.

Mas existem questões particulares que devem ser observadas com cautela. Por exemplo: suplementos ricos em ferro devem ser evitados com a ingestão de alimentos ricos em cálcio. Isso porque, a absorção de um tende a reduzir o grau de absorção do outro.

E isso apenas reforça a importância do acompanhamento médico para aprender como tomar o multivitamínico corretamente.

Qual é a quantidade ideal para tomar?

Assim como existe a deficiência nutricional, também ocorrem exageros na suplementação.

Daí, a importância em seguir as indicações médicas e seguir à risca as instruções nas embalagens dos multivitamínicos. Pois a quantidade ideal vai depender de vários fatores, como a composição do produto e a necessidade de cada pessoa, entre outros.

Posso tomar multivitamínico todos os dias?

A suplementação diária é muito comum para grupos específicos, como gestantes, idosos e crianças. Mesmo assim, a quantidade, a frequência e o horário de ingestão dos multivitamínicos vão depender das características de cada pessoa, a recomendação médica e, como dissemos no tópico acima, conforme as orientações na embalagem do multivitamínico. 

Como escolher o multivitamínico ideal?

A identificação das vitaminas e minerais que possam estar faltando em seu organismo deve ser um bom ponto de partida para escolher o multivitamínico ideal.

Isso passa, então, pela avaliação médica para que você aprenda como tomar o multivitamínico que melhor vai atender as necessidades do seu organismo.

Outro ponto de atenção tem a ver com as características de cada organismo. Como mencionamos ao longo deste artigo, existem  multivitamínicos específicos para perfis que naturalmente demandam exigências específicas. E isso pode facilitar na busca pelo produto ideal para cada pessoa também.

Quais são os benefícios em tomar multivitamínicos?

O grande benefício em tomar multivitamínicos é a suplementação adequada de nutrientes que o organismo pode estar carente. Independentemente do motivo.

Além disso, esses pontos positivos podem ser ainda mais variáveis se levarmos em consideração que os suplementos podem atuar de maneira específica em certos objetivos.

Existem, por exemplo, os produtos que contribuem com o aumento da imunidade. Outros, mais focados na suplementação de ferro ou, também, nas necessidades nutricionais de gestantes, entre tantos outros com finalidades diversas.

Por isso, podemos considerar os benefícios gerais em tomar multivitamínicos, que são:

  • contribuem com a prevenção de deficiências de vitaminas e minerais;
  • agilidade para suprir o organismo com a quantidade ideal de nutrientes;
  • praticidade para suprir elementos que, eventualmente, podem faltar na alimentação;
  • disposição, pois a suplementação ajuda a suprir a quantidade de vitaminas que se convertem em energia após absorvidas pelo organismo;
  • fortalecimento da imunidade do corpo;
  • combate ao envelhecimento precoce, pois muitos nutrientes lidam com a renovação de tecidos musculares e celulares.
Quantas cápsulas de multivitaminico tomar por dia

 

Importante mencionar, também, que independentemente de aprender como tomar multivitamínico, ele não deve substituir a alimentação saudável. Lembre-se que produtos assim são indicados como suplementos, não como a fonte primária de vitaminas e minerais.

Afinal, multivitamínico engorda?

Existe um mito em torno do assunto, mas é importante esclarecer que suplementos, por si só, não são responsáveis pelo aumento de peso corporal das pessoas porque eles não possuem muitas calorias em sua composição capazes de causar isso. 

Entenda, contudo, que os multivitamínicos tampouco contribuem com a manutenção do peso. Por isso, é importante que o consumo desses produtos venha acompanhado de hábitos de vida saudáveis. Por exemplo:

  • a prática de exercícios físicos;
  • uma alimentação saudável e balanceada;
  • o controle dos níveis de estresse;
  • uma rotina equilibrada de sono diariamente.

Posso beber quando tomar multivitamínico?

No geral, o consumo excessivo de álcool pode interferir na absorção de nutrientes essenciais. O que, consequentemente, pode gerar a deficiência de vitaminas e/ou minerais.

Portanto, a associação de bebidas alcoólicas e suplementos multivitamínicos pode afetar a eficácia de absorção dos nutrientes, sim.

Polivitamínico x multivitamínico Quais são as diferenças?

A única diferença entre multivitamínico e polivitamínico é o nome. E, claro, as vitaminas e minerais presentes na composição de cada produto.

O ponto, aqui, é que os polivitamínicos podem dar a impressão de que existem mais nutrientes em suas respectivas fórmulas. Mas o melhor poli ou multivitamínico deve ser analisado de acordo com as suas necessidades nutricionais, e não pela quantidade de elementos na composição do produto.

É bom tomar multivitamínico

 

E por falar em composições focadas nas suas necessidades, aproveite para conhecer a seleção de vitaminas da União Química para descobrir quais delas podem ser significativamente alinhadas com os seus objetivos.

Conclusão

Saber como tomar multivitamínico vai além da noção do melhor horário para consumi-lo ou, ainda, da quantidade diária. O processo em si deve estar muito bem alinhado com as suas necessidades, características e objetivos.

Para isso, vale a pena identificar os melhores produtos de acordo com o seu perfil. E, preferencialmente, com o auxílio de médicos especialistas que vão identificar o que você precisa e, em seguida, indicar como tomar o multivitamínico ideal para você.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a entender melhor o papel dos multivitamínicos. E conte conosco para auxiliar na sua busca por mais saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Fontes

98% dos brasileiros não consome índice de vitaminas adequado à saúde

Descubra as principais vantagens dos multivitamínicos



Ir para o topo